Com diversidade e inclusão como prioridade, BRK acelera a inovação e a eficiência em seus negócios

Programa de diversidade da empresa almeja atingir 40% de mulheres em posições de liderança até 2024

Na BRK, cerca de 10 mil profissionais – entre próprios e terceirizados – garantem o atendimento com serviços de água e esgoto para mais de 100 cidades brasileiras. São pessoas de diferentes partes do país, com histórias e trajetórias próprias, repertórios únicos, que formam um time diversificado.

E é justamente a valorização da diversidade e da inclusão – elementos fundamentais para impulsionar a inovação e a eficiência - um dos pilares estratégicos da gestão de pessoas da BRK.

A promoção de um ambiente de trabalho plural e inclusivo é baseada no respeito às pessoas, na valorização do desempenho profissional e no combate a qualquer tipo de discriminação. Essas diretrizes estão estabelecidas no nosso Código de Conduta Ética Profissional, na Política de Ambiente de Trabalho Positivo e na Norma de Recrutamento e Seleção.

Para ir além do discurso e materializar a diversidade na prática, a companhia criou o Programa DiversifiK. Essa plataforma promove a realização de iniciativas internas e externas com foco na diversidade e inclusão, por meio de quatro grupos de trabalho temáticos – Gênero, Raça, LGBTQ+ e PCDs.

O trabalho realizado anualmente por funcionários e funcionárias que se voluntariam para esses grupos é acompanhado pelo Comitê de Diversidade, liderado pela CEO da BRK e que conta com a participação de outros líderes da companhia.

Os projetos propostos no âmbito do Programa DiversifiK são orientados por metas de promoção da diversidade e da inclusão com foco nos desafios de cada um dos grupos de trabalho. A BRK tem compromissos como atingir 40% de mulheres em posições de liderança e ter um quadro de funcionários formado por 30% de trabalhadoras até 2024. Essas metas estão alinhadas à iniciativa “Equidade é Prioridade”, promovida pelo Pacto Global (ONU) e da qual a BRK é signatária.

Além disso, a promoção de oportunidades e a integração profissional de pessoas negras, com deficiência e LGBTQ+ também pautam os programas e as iniciativas.

Ações afirmativas

A companhia promove uma série de projetos e ações para promover a diversidade dentro e fora da empresa. O ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras) para atendentes da BRK, por exemplo, permitiu que 80 funcionários e funcionárias fossem capacitados para atender clientes surdos nas lojas de atendimento da BRK.

O programa de aceleração de carreiras para mulheres negras e o programa para formação profissional de mulheres (refugiadas venezuelanas, brasileiras em situação de vulnerabilidade social, negras e indígenas) como encanadoras e instaladoras hidráulicas são outros exemplos de como a companhia direciona seus esforços para materializar a inclusão e a diversidade. Essas duas iniciativas beneficiaram 40 mulheres apenas em 2020.

Os processos para seleção e contratação de pessoas para trabalhar na BRK também levam em conta os princípios de diversidade e inclusão. A Norma de Recrutamento e Seleção possui uma série de diretrizes que visam à preservação da equidade, o combate à discriminação e a oferta de oportunidades iguais para todos e todas.

Em 2020, superamos a meta interna de preencher 50% das vagas do Programa de Estágio oferecidas naquele ano com pessoas negras. Foram 59% de pretos e pardos contratados nessa última edição do programa.

Veja também